MOMENTO DE REFLEXÃO!

Não faça nada daquilo que possas te arrepender, pois, se o arrependimento vier não terás o que fazer

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

DEVANEIO


Pelos buracos do mundo

vejo meu tempo esvair-se!

Vejo a alegria distante,

pois, partiu com a juventude.

E, os amores que tive

morreram em álbuns rotos

sem nenhuma reação.


E, se busco uma lembrança

não acho nunca uma imagem.

Encontro só os fantasmas

que assombraram meu passado.

Fantasmas, que estão guardados

nos baús da minha memória

e tentam reviver a história,

que há muito também morreu.


Quando chega o desespero

e a solidão me consome,

vou buscar um sonho imberbe,

que vem do fundo da alma!

Um sonho que me acalma

e afaga-me o coração,

ressuscita a emoção

por tudo que prometeu.


Então, meu céu se alumbra

com as estrelas de teus olhos,

as ondas dos teus cabelos

agitam a nau do meu ser.

Antes, de o sonho perecer

os monstros vão-se embora,

pois sabem, chegou a hora,

da alegria renascer.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

OLHAR.

Meus olhos são passarinhos

que não cansam de voar,

mas quando buscam um ninho

sempre pousam no teu olhar.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

SONHO.

Se o seu sonho é pequeno,
pequenino serás também.
Porém, se o desejo é pleno,
não serás menor que ninguém.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

XI CANTO DO IBICUÍ 2011 - MANOEL VIANA RS

Estivemos nos dias 03, 04, 05 e 06 de Fevereiro, participando do "XI Canto do Ibicuí", festival de barranca realizado em Manoel Viana - RS, sob a competente coordenação do Dr. Flávio Saldanha e Dr. Paulo Nogueira, e na companhia de amigos muito caros de toda parte do Estado.
Tivemos de novo a chance de participar do concurso de poesias, onde logramos êxito em nos sagrar bicampeão dessa modalidade com a obra "Temporal de remorsos", na brilhante interpretação de Franco Ferreira, aliás o que não trata-se de nenhuma novidade o desempenho desse irmão de versos.


Franco Ferreira, emocionando o público com a sua excepcional interpretação.


Eu e Franco recebendo a premiação das mãos de Moacir D'Ávila Severo e do Dr. Flávio Saldanha.


Agradecendo à todos os amigos e artistas que estiveram lá prestigiando o evento!


No recanto do Ibicuí, convencionou-se dividir o acampamento em bairros, onde acomodam-se todos aqueles que são da mesma cidade e que partilham das mesmas afinidades, sendo que o nosso bairro é o ultimo do itinerário, o mais afastado da entrada do acampamento, e talvez por isso foi chamado de "Cidade Baixa". Pois, pelo segundo ano consecutivo, este conglomerado, deixa o evento com mais da metade dos prêmios oferecidos.
Este ano de 2011, amealhamos oito das onze premiações possíveis, portanto um desempenho considerável para nosso bairro, o que nos enche de orgulho.